07/02/2011

“ASPIRANTEX 2011” fez Ação Cívico-Social em Rio Grande
   

A “ASPIRANTEX 2011” finalizou no dia 28 de janeiro, após completar sua 3ª fase de mar, perfazendo um total de 21 dias, que foram empenhados no adestramento de 253 Aspirantes do 2º e do 3º ano da Escola Naval.

No dia 17 de janeiro, os navios que faziam parte da comissão iniciaram seu regresso ao Brasil, partindo dos Portos de Buenos Aires e Montevidéu para Rio Grande (RS) e Itajaí (SC), dando início, assim, à 2ª fase de mar da comissão, que encerrou no dia 21 com a atracação dos navios nas respectivas cidades.

A recepção no Porto de Rio Grande foi calorosa, com direito a apresentação de danças típicas, demonstrando a gratidão da população daquela importante região do País à Marinha do Brasil. Logo após a atracação da Unidade-Tarefa, composta pela Fragata “Niterói”- Navio Capitânia da comissão -, pelo Navio de Desembarque de Carros de Combate (NDCC) “Almirante Saboia” e pela Corveta “Frontin”, diversos eventos foram programados.


Aspirantes observam a apresentação de danças típicas,
na chegada a Rio Grande
   

Secretário de Ação Social e Cidadania de Rio Grande, Leonardo Salum, assina o Termo de doação na presença do C Alte Wagner Lopes de Moraes Zamith

Na tarde do dia 21, foi realizada a assinatura do Termo de doação de peças de vestuário e cobertores, que foram entregues ao Secretário de Ação Social e Cidadania do Município de Rio Grande, Leonardo Salum, em cerimônia oficial, no convoo do NDCC “Almirante Saboia”.

O Secretário, ao conceder entrevista às emissoras de televisão da região e à TV Marinha na Web, emocionou-se ao falar do apreço que sente pela Marinha do Brasil e disse reconhecer o grande compromisso social da Instituição com seu povo.

Entre os dias 22 e 23 de janeiro, houve a visita guiada aos navios, que receberam cerca de 2 mil pessoas. Os Aspirantes tiveram a oportunidade de acompanhar as visitações e observar o comprometimento da Marinha do Brasil com as necessidades e dificuldades do povo, conforme falou o Aspirante Millôr de Borborema Espírito Santo: “A ACISO foi de extrema importância na nossa formação, mostrando que a Marinha não se preocupa somente com a defesa do Território Nacional, mas, também, em ajudar a população brasileira”.

   
 
 

Navios da Unidade-Tarefa ficaram abertos à visitação pública
 
O Comandante do Grupo-Tarefa 701.1, Contra-Almirante Wagner Lopes de Moraes Zamith, que conduziu a “ASPIRANTEX 2011”, concluiu no balanço final da comissão, que ela atingiu os efeitos desejados previstos na Diretiva, tanto em relação ao adestramento dos meios, quanto ao do pessoal envolvido, de, aproximadamente, 1.800 militares. Quanto ao mote principal da operação, o preparo dos Aspirantes, ele está convicto de que foi de grande proveito para sua formação e que eles, ao retornarem à Escola Naval, se sentirão orgulhosos com a opção que fizerem pela carreira naval.
altura